ÍNDICE e CORRESP Excel – Como usar

Leia neste artigo como utilizar as funções índice e corresp Excel juntas para realizar o retorno de outras células em um artigo completo e passo-a-passo.

1. INTRODUÇÃO

Dentre as funções de pesquisa e referência, as funções ÍNDICE e CORRESP desempenham papel fundamental quando desejamos retornar dados ao pesquisar com base em critérios. Este aninhamento possui a capacidade de buscar dados sem limitações, como aquelas das funções PROCV e PROCH. Aninhar as funções ÍNDICE e CORRESP nos trará resultados que lembram bastante o uso de um catálogo, no qual temos o nosso resultado oriundo do cruzamento da posição dos critérios.

2. O PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO DE ÍNDICE + CORRESP (+ CORRESP)

Com base em uma região de dados, seja ela com apenas uma dimensão (um vetor, sendo uma linha ou uma coluna) ou mais de uma dimensão (uma matriz com pelo menos 2 linhas e/ou pelo menos duas colunas), podemos ter o nosso dado retornado ao percorrer a região de dados e “estacionar” em determinada posição. Isso nos lembra muito o conceito cartesiano (que aprendemos ao compreender as coordenadas dos eixos X e Y).

Indice Corresp Excel

Em linhas gerais, o cruzamento entre linha e coluna especificadas gera a interseção, que é a posição exata do dado desejado e que será retornado como resultado da fórmula.

3. O PAPEL DA FUNÇÃO CORRESP

A função CORRESP desempenha papel fundamental no aninhamento com ÍNDICE, retornando a posição do critério de pesquisa em um intervalo unidimensional onde ele deve ocorrer. CORRESP retorna um número inteiro quando localiza o critério. Se CORRESP buscar pelo termo “Dezembro” numa lista de meses que vai de Janeiro a Dezembro, CORRESP retornará 12, indicando que nesta lista o termo “Dezembro” ocupa a 12ª segunda posição. Da mesma forma, CORRESP retornará 3 para “Março” e 1 para Janeiro, bem como 10 para “Outubro”. Quando o item procurado não é localizado, dependendo do seu último argumento (se = 0, indicando correspondência exata), CORRESP poderá retornar o erro de não disponível (#N/D). A imagem a seguir ilustra a sintaxe da função CORRESP.

O argumento valor_procurado é o nosso critério de busca e, sendo um argumento obrigatório, pode ser um valor de texto, número ou valor lógico, que podem ser constantes na fórmula ou ainda referenciados por células. O valor_procurado deve ser procurado em uma linha ou coluna (nunca em uma região de dados bidimensional). Esta matriz onde ele deverá ser pesquisado é a matriz_procurada, que é o segundo argumento. O último argumento, tipo_correspondência, é optativo, podendo ser 1 (menor do que), 0 (correspondência exata) e -1 (maior do que), tendo como valor padrão 1. É mais usual o uso da correspondência exata. A imagem a seguir ilustram alguns exemplos de CORRESP.

indice corresp Excel 3
Indice Corresp Excel 9

No entanto, CORRESP retorna a posição do valor correspondente dentro da matriz_procurada, e não o valor propriamente dito (até porque já o conhecemos) e nem um valor paralelo, que ocupa esta mesma posição em outra linha e coluna. Por isso, CORRESP é encapsulada dentro da função ÍNDICE para que tenhamos de fato o nosso resultado esperado da busca.

4. TUDO FAZ SENTIDO COM CORRESP DENTRO DA FUNÇÃO ÍNDICE

A função ÍNDICE possui sua sintaxe podendo ter duas abordagens:

Indice Corresp Excel 8

Neste artigo vamos abordar a primeira sintaxe, contendo matriz, num_linha e num_coluna. A outra sintaxe é bastante interessante por trabalhar com a definição de áreas e pode ser a solução ao se trabalhar com dados dispersos, como, por exemplo, o discutível hábito de separar planilhas de dados para cada mês dentro de uma mesma pasta de trabalho.

Tendo em vista a primeira sintaxe, o primeiro e obrigatório argumento é a matriz. Aqui nos referimos a uma região de dados onde consta nosso resultado desejado. Ela pode ser apenas uma linha, apenas uma coluna ou ainda uma matriz bidimensional de dados. O mais importante é que ela contenha o conjunto de possibilidades que desejamos. Pode ser, por exemplo, uma tabela completa ou ainda as colunas contendo salário, setor e data de admissão de funcionários. O segundo argumento é num_linha. Ele é obrigatório e expressa a posição na vertical onde o nosso resultado consta. É aqui que entra a função CORRESP. Esta posição poderá ser oriunda dinamicamente com CORRESP. A mesma coisa vale para num_coluna (expressa a posição na horizontal onde o nosso resultado consta), que é um argumento optativo e é utilizado geralmente quando a matriz de ÍNDICE for bidimensional. Quando omitimos o argumento num_linha estamos indicando que não desejamos uma linha específica. Por consequência, ÍNDICE retornará todas as linhas. Da mesma maneira, quando omitimos o argumento num_coluna estamos indicando que não desejamos uma coluna específica. Por consequência, ÍNDICE retornará todas as colunas. Omitir num_linha ou num_coluna é útil para obter uma linha ou coluna completas.

5. EXEMPLOS PRÁTICOS DE FÓRMULAS

a) ÍNDICE com uma matriz de apenas uma dimensão (uma coluna)

Quando utilizamos a matriz de ÍNDICE (que é seu primeiro argumento) com apenas uma dimensão, faz-se necessário CORRESP apenas uma vez. Pelo fato de não haver duas dimensões na matriz de ÍNDICE, automaticamente, o núm_linha ou num_coluna serão 1 (isso dispensa outro CORRESP). A imagem a seguir ilustra um caso onde desejamos encontrar a data de nascimento de um candidato tomando seu nome como base.

Indice Corresp Excel 7

A função CORRESP retorna 8, visto que o nome do candidato é o 8º na lista dos candidatos (coluna C, indo de C6 à C18). Daí, o resultado retornado será também o oitavo elemento presente na matriz informada do ÍNDICE, ou seja: a oitava data de nascimento existente na coluna E (indo de E6 à E18).

A imagem a seguir mostra o mesmo cenário, sendo que desta vez desejamos retornar o telefone do candidato. Note que a única diferença será na matriz da função ÍNDICE, visto que agora apontamos não mais para a coluna da data de nascimento, e sim, para o telefone.

Indice Corresp Excel 6

Perceba que agora a matriz de ÍNDICE abrange de F6 à F18, que é o intervalo dos telefones possíveis, em vez de E6 à E18, que é o intervalo das datas de nascimento (exemplo anterior). Se desejássemos retornar a matrícula, a matriz de ÍNDICE seria o intervalo contendo todas as matrículas na coluna B (de B6 à B18), e para a naturalidade seria o intervalo contendo todas as naturalidades na coluna D (de D6 à D18).

b) ÍNDICE com uma matriz de apenas uma dimensão (uma linha)

A matriz de ÍNDICE poderá também ter apenas uma linha. Com isso, faz-se necessário apenas um CORRESP pois, se já sabemos qual a linha contém o nosso resultado desejado, basta agora saber a coluna. Na imagem a seguir desejamos informar a venda com base em um dos meses a ser escolhido no semestre.

Indice Corresp Excel 5

Note que a matriz de ÍNDICE está apenas na linha 8 (indo de B8 à G8). Neste caso, o CORRESP retorna 2 porque o mês procurado, FEV, é o segundo na lista dos meses. Logo, ÍNDICE retornará o segundo valor de venda existente no intervalo especificado dentro de sua matriz (seu primeiro argumento).

P.S.: embora na sintaxe que estamos abordando o segundo argumento da função ÍNDICE seja num_linha, no nosso exemplo trouxemos a coluna. Visto que ÍNDICE tem apenas uma linha na matriz, fica implícito que a linha é 1. O mesmo resultado seria retornado caso a fórmula fosse =ÍNDICE(B8:G8;1;CORRESP(C10;B7:G7;0)), onde estaríamos definindo que a linha é fixa (1).

c) ÍNDICE com uma matriz de bidimensional (pelo menos duas linhas ou 2 colunas)

Quando temos uma matriz bidimensional de dados e nosso resultado desejado pode ocupar linhas e colunas distintas, torna-se viável e produtivo utilizarmos ÍNDICE com CORRESP duplamente, indicando linha e coluna. Com isso, haverá a interseção pelo cruzamento das posições informadas por cada CORRESP. A imagem a seguir ilustra o preenchimento de uma tabela para apresentar a matrícula, telefone e naturalidade do candidato pesquisado. Note que a matriz de ÍNDICE é vasta, indo de B6 à F18.

Indice Corresp Excel 4

Note que o primeiro CORRESP da fórmula encontra a posição do nome do candidato (neste caso é a 4ª posição). Já o segundo CORRESP está retornando a posição dos nomes das colunas que estão na linha de rótulos de colunas (linha 5, indo de B5 à F5). Para a busca da matrícula, CORRESP retornou 1 (pois é a primeira de todas as colunas existentes). Para a busca da naturalidade CORRESP retornou 3 e para telefone CORRESP retornou 5. Com as referências devidamente ajustadas (uso do cifrão $) podemos copiar a fórmula em D21 para E21 e F21 e assim conseguimos todo o preenchimento.

A imagem a seguir ilustra mais um exemplo com a utilização de CORRESP duas vezes, nos argumentos de linha e coluna da função ÍNDICE. Em B6 e C6, respectivamente, nós definimos a produto e a filial para a nossa pesquisa. A fórmula =ÍNDICE(C9:H23;CORRESP(B6;B9:B23;0);CORRESP(C6;C8:H8;0)) é escrita em D6. Note que não precisamos utilizar cifrão para travar células pois neste nosso caso a fórmula não será copiada para outras células.

Note que neste caso, a linha é definida pela posição da fruta e a coluna é definida pela posição da filial. O CORRESP para a fruta retorna 9 porque a maçã é a 9ª fruta na lista, enquanto que o CORRESP para a filial retorna 3 porque Patos é a 3ª entre as filiais exibidas. Com isso, ÍNDICE, dentre todos os valores numéricos existentes (e que estão em sua matriz, que é seu primeiro argumento), vai até a linha 9 e coluna 3, resultando no valor destacado em amarelo na parte central dos dados na imagem.

Download Índice e Corresp Excel

Realize o download da planilha das funções Índice e Corresp Excel neste botão abaixo. Basta se inscrever na nossa newsletter gratuita para o download automático.

Baixe a planilha